Apontamento(s)

Deixo alguns versos de Florbela Espanca, para deliciar quem a não conhece.

 Languidez

Fecho as pálpebras roxas, quase pretas,
Que poisam sobre duas violetas,
Asas leves cansadas de voar...

A minha boca tem uns beijos mudos,
E as minhas mãos, uns pálidos veludos,
Traçam gestos de sonho pelo ar...

Os Meus Versos 

Rasga esses versos que eu te fiz, amor!
Deita-os ao nada, ao pó, ao esquecimento,
Que a cinza os cubra, que os arraste o vento,
Que a tempestade os leve aonde for!

Rasga-os na mente, se os souberes de cor,
Que volte ao nada o nada de um momento!
Julguei-me grande pelo sentimento,
E pelo orgulho ainda sou maior!...

Tanto verso já disse o que eu sonhei!
Tantos penaram já o que eu penei!
Asas que passam, todo o mundo as sente...

Rasgas os meus versos... Pobre endoidecida!
Como se um grande amor cá nesta vida
Não fosse o mesmo amor de toda a gente!...


Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas"
Posted on 20:38 by Emília and filed under , | 10 Comments »

10 comentários:

quicas disse... @ domingo, maio 09, 2010

Outra "Deusa" da poesia! Parabéns por no-la mostrar!
Beijinho

Helena Castelli disse... @ segunda-feira, maio 10, 2010

Olá!
Gostei muito do seu espaço... um bom lugar para estar e ficar...

Beijos com carinho.
Helena

Emilia disse... @ segunda-feira, maio 10, 2010

Obrigada.
Estarei por aqui.

Essência e Palavras disse... @ segunda-feira, maio 10, 2010

Tencontrei no blog de um amigo. (Amanhã ou Despois)
Gostei muito.
Estou a seguirte!

beejo e boa semana!

AC disse... @ segunda-feira, maio 10, 2010

Cheguei aqui através do BLOGando na Escola.
Gostei do espaço, onde a sensibilidade é rainha.
Voltarei.

Engenheiro Jorge Paulino disse... @ terça-feira, maio 11, 2010

A simplicidade de Florbela não está nas palavras mas no sentimento dado a elas. Parabéns pelo trabalho de transformar a realidade em um Poema.

Prisca disse... @ terça-feira, maio 11, 2010

Conheço e adoro...

Parabéns...

Votarei Sempre agora...

Beijos

Prisca

Sérgio Miguel disse... @ terça-feira, junho 08, 2010

Florbela Espanca :)
É uma origem paradigmática para mim :)

Gosto imenso do seu blog (:
Principalmente, da sua humildade!

Andressa disse... @ terça-feira, dezembro 14, 2010

A minha boca tem uns beijos mudos...

Andressa disse... @ terça-feira, dezembro 14, 2010
Este comentário foi removido pelo autor.