Hoje amanheceu Natal!


Posted on 13:01 by Emília and filed under | 1 Comments »

O homem que procurava o silêncio


Posted on 22:02 by Emília and filed under | 3 Comments »

Como quem grita


Posted on 00:30 by Emília and filed under | 14 Comments »

Romeiros - A fé que move os homens

Rosário feito de silêncios.




Posted on 22:03 by Emília and filed under , | 8 Comments »

Verde que te quero ver...

Hoje saí à procura do azul.
Voltei com os olhos carregados de verde.








Posted on 23:09 by Emília and filed under | 20 Comments »

Sinais de um Deus Maior

Há pessoas que são sinais de um Deus Maior!
Há pessoas que têm a capacidade de trazer luz aos dias cinzentos!
Um telefonema apenas!
Um telefonema inesperado de uma amiga que não se vê há anos sem fim e de quem quase se perdeu o contacto, pode tornar o nosso dia verdadeiramente especial e ajudar a recentrar a vida no seu eixo de assimetrias.


Um abraço Ana Paula. Para ti e para os filhos da tua vida!

Posted on 23:28 by Emília and filed under | 3 Comments »


"Tu já tinhas um nome, e eu não sei
se eras fonte ou brisa ou mar ou flor.
Nos meus versos chamar-te-ei amor."

Eugénio de Andrade, IX Madrigal
Posted on 17:49 by Emília and filed under | 22 Comments »

Ninho do Sol

O sol aninha-se no teu regaço
entardecendo lentamente num dia de inverno.


Posted on 16:01 by Emília and filed under | 22 Comments »

Encontro ou desencontro...

Enquanto passa o tempo do tempo de espera
é o tempo me que leva nas páginas percorridas de uma história.

Posted on 21:13 by Emília and filed under , | 13 Comments »

As Palavras





Vou seguindo o sentido das palavras imortais que vivem e viverão para sempre. Sussurros indomáveis à espera de serem ouvidas, inabaláveis e presentes em toda a parte. Em cada esquina, em cada canto, à deriva com o vento, atingindo cada pessoa de forma diferente. Com elas, descobrimos novos horizontes, abrimos novas portas entre o céu e o mar, procurando e explorando aquilo que está para além dos sentidos.
Porque as palavras são mais do que os sentidos, são um mundo de tinta inextinguível.
Porque as palavras são para sempre.
Deixo-vos as palavras de Eugénio de Andrade.


"São como um cristal,
as palavras.
Algumas, um punhal,
um incêndio.
Outras,
orvalho apenas.
Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam:
barcos ou beijos,
as águas estremecem.
Desamparadas, inocentes,
leves.
Tecidas de luz
e são a noite.
E mesmo pálidas
verdes paraísos lembram ainda.
Quem as escuta?
Quem as recolhe, assim,
cruéis, desfeitas,
nas suas conchas puras?"



Posted on 19:01 by Emília and filed under , | 16 Comments »

Feliz Natal!



Se fores... vai mais longe!
Se fizeres...faz a diferença!
Se rires... ri até às lágrimas!
Se sonhares... sonha mais alto!
Se arriscares... arrisca tudo!
Se pensares... pensa por ti!
Se saíres... sai da rotina!
Se mudares... muda tudo!
Se contares... CONTA COMIGO!
Posted on 19:19 by Emília and filed under | 37 Comments »

Se não tens voz, grita!

Posted on 20:42 by Emília and filed under , | 21 Comments »

No meu trilho de águas

Difícil não é seguir o caminho de forma determinada,
difícil é segui-lo sem nos afastarmos nunca do percurso que sonhámos! 


Posted on 22:11 by Emília and filed under , | 14 Comments »

Entardecer

Ninguém nos viu hoje à tarde de mãos dadas
enquanto a noite azul caía sobre o mundo.

Pablo Neruda, in Vinte Poemas de Amor e Uma Canção Desesperada



Posted on 20:38 by Emília and filed under | 7 Comments »

Na tua sombra


Leva-me na tua sombra
e ilumina o meu caminho!

Posted on 12:00 by Emília and filed under | 10 Comments »

"Expression






Posted on 22:41 by Emília and filed under | 9 Comments »

Abrir uma fresta...

É sempre possível encontrar uma fresta
e deixar passar um pouco da luz que faz o nosso caminho!
Há sempre uma passagem
Há sempre um caminho de entrada e de saída!



Posted on 17:01 by Emília and filed under , | 7 Comments »

Mantendo a capacidade de sonhar...

Todos os dia luto por não perder aquilo que faz de nós únicos neste nosso pequeno mundo.
A capacidade de sonhar!
Todos os dias me confronto com o facto de que essa capacidade se resume a pouco mais do que a capacidade de transformar o pequeno metro quadrado que está à nossa volta.
Mas todos os dias renovo a certeza de que se cada um for responsável por mudar o seu metro quadrado... podemos transformar o mundo!
Posted on 23:11 by Emília and filed under | 3 Comments »
Há pessoas
que transformam o SOL numa simples mancha amarela,
mas há aquelas que fazem de uma simples mancha amarela
o próprio SOL.

Pablo Picasso


Posted on 00:50 by Emília and filed under | 5 Comments »
Que importa o azul do céu e o azul das águas?
O que procuro é gente
Que sinta o meu amor e as minhas mágoas!


Pedro Homem de Mello, Verdade


Posted on 22:57 by Emília and filed under , | 11 Comments »