As Palavras





Vou seguindo o sentido das palavras imortais que vivem e viverão para sempre. Sussurros indomáveis à espera de serem ouvidas, inabaláveis e presentes em toda a parte. Em cada esquina, em cada canto, à deriva com o vento, atingindo cada pessoa de forma diferente. Com elas, descobrimos novos horizontes, abrimos novas portas entre o céu e o mar, procurando e explorando aquilo que está para além dos sentidos.
Porque as palavras são mais do que os sentidos, são um mundo de tinta inextinguível.
Porque as palavras são para sempre.
Deixo-vos as palavras de Eugénio de Andrade.


"São como um cristal,
as palavras.
Algumas, um punhal,
um incêndio.
Outras,
orvalho apenas.
Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam:
barcos ou beijos,
as águas estremecem.
Desamparadas, inocentes,
leves.
Tecidas de luz
e são a noite.
E mesmo pálidas
verdes paraísos lembram ainda.
Quem as escuta?
Quem as recolhe, assim,
cruéis, desfeitas,
nas suas conchas puras?"



Posted on 19:01 by Emília and filed under , | 16 Comments »

16 comentários:

Isa disse... @ domingo, janeiro 02, 2011

Emília desejo que seu novo ano seja repleto de sonhos concretizados. Que Deus sempre ilumine seus caminhos com amor, saúde, alegria e muita paz !!!

Um grande abraço
Isa

RELTIH disse... @ domingo, janeiro 02, 2011

siempre es un gusto visitar su espacio.
un abrazo

Lu Cavichioli disse... @ segunda-feira, janeiro 03, 2011

Olá Emília, teu blog é muito bom e tu escreves muito bem!

Seja bem vinda ao Quiosque do Pastel. Volte a hora que quiser, sempre tem uma boa cronica pra se ler, ou uma foto para alegrar o ambiente.

grande abraço

Lu Cavichioli
(administradora do Quiosque)

Ricardo Miñana disse... @ segunda-feira, janeiro 03, 2011

Muchas felicidades para este año, dale vida a tus sueños y que la crisis económica pase de largo.

¡¡Feliz año 2011!!

Un abrazo.

Por que você faz poema? disse... @ segunda-feira, janeiro 03, 2011

As palavras são meus mapas.

joaquimdocarmo disse... @ segunda-feira, janeiro 03, 2011

Ah, se todos tratassem as palavras assim, amiga!...
Beijinhos e Bom Ano de 2011!

le journal de prada disse... @ quinta-feira, janeiro 06, 2011

hey!! great blog, i follow u!!
http://lejournaldeprada.blogspot.com

Marinha disse... @ quinta-feira, janeiro 06, 2011

Que blog maravilhoso!
Ganhei um presente de ano novo encontrando-o!
Bjo, querida.

bmarquez disse... @ sexta-feira, janeiro 07, 2011

M'agrada el teu punt de vista. He arribat a través del blog de maricruzpe. Hem passaré de tant en tant.
XXX

Fran disse... @ sábado, janeiro 08, 2011

Suave.
Adorei.
Beijos.

Valter Montani disse... @ terça-feira, janeiro 11, 2011

Emília...

"Deus deu aos pássaros
o dom de voar,
e concedeu aos poetas
o direito de sonhar."

© Valter Montani

Eu sonho com um mundo melhor, mais humano com justiça e respeito entre os homens. O que é preciso para isso? cada um fazer a sua parte, procurarei fazer a minha. Feliz 2011!

Lumena Oliveira disse... @ quarta-feira, janeiro 12, 2011

Emília,

Venho agradecer a visita ao meu espaço e estou a gostar muito de conhecer os teus blogs. Os das fotos são uma delícia!
Adorei vir aqui.

Be:)os,
Lumena Oliveira

Mar Arável disse... @ segunda-feira, janeiro 24, 2011

O nosso Eugénio

sempre

nesy. disse... @ quinta-feira, janeiro 27, 2011

Cústame entender un pouco o portugués, pero o que entendín gustoume as palabras de Andrade ;)
as palabras poden ir cargadas de sentimento, e poden darche onde máis doe..
un saúdo!
Biquiños!

. disse... @ sábado, fevereiro 26, 2011

Sobre Eugénio de Andrade pouco a acrescentar ás palavras que por si falam

Mas sublinho as tuas que introduzem o poema, onde encontro imensa e bela poesia.

Bjo.

Fernando Campanella disse... @ segunda-feira, março 28, 2011

As palavras vão formando o grande livro da humanidade.
Belo blog, fotos e poemas lindos.
Obrigado pela visita.
Um grande abraço.